Como utilizar a Contracepção de Emergência?

Como utilizar a Contracepção de Emergência?
  • Tomar até 5 dias (120 horas) no máximo após a relação sexual, após esse período, ela pouco funciona.
  • Se ainda não tiver passado os 4 dias, de preferência deve ser usada a dose pronta, de 1 ou a de 2 comprimidos, que é distribuída gratuitamente em postos de saúde de algumas cidades brasileiras ou vendida em farmácias.

NA DOSE PRONTA: disponível em alguns postos de saúde ou farmácias em:
       1 comprimido a base de levonorgestrel, sob nomes:
-
Genérico Levonorgestrel® (Labor. HYPM)
- Genérico Levonorgestrel® (Lab. MELCON)
- Postinor Uno (Laboratório Aché)
- Pozato Uni® (Laboratório Libbs)

- Pozato Uni (Laboratório Libbs)

Tomar o comprimido o quanto antes, logo que for possível após a relação sexual.

Quanto mais cedo for ingerido maior eficácia tem contra a gravidez.

 

 

 

                                          OU
2 comprimidos a base de levonorgestrel com os nomes comerciais (em ordem alfabética):
- Diad® (Laboratório Simed)
- Minipil2-Post® (Laboratório Sigma Pharma)
- Nogravide® (Laboratório Hebron)
˗ Pilem® (Laboratório União Química)
- Poslov® (Laboratório Cifarma)
˗  Postinor 2® (Laboratório Aché)
˗  Pozato® (Laboratório Libbs)
-  Previdez 2® (EMS – Sigma Pharma)
- Prevyol 2® (Laboratório Legrand/Sigma Pharma)

O primeiro comprimido deve ser tomado o quanto antes, logo que for possível, pois quanto mais cedo for ingerido maior eficácia tem contra a gravidez. O segundo pode ser tomado junto com o primeiro ou após 12 hs após o primeiro.

TOMAR OS 2 COMPRIDOS JUNTOS TEM O MESMO EFEITO!

(veja recomendação da Organização Mundial de Saúde:

Clique Aqui!

Caso não consiga adquirir a dose pronta veja como elaborar a dose combinada, (método Yuzpe)
Caso haja vômitos até duas horas após sua ingestão, é preciso repetir o uso da dose. Se o vômito se repetir a pílula pode ser colocada dentro da vagina para absorção direta.

  • É aconselhável tomar os comprimidos sempre junto com a ingestão de leite e/ou alimentos para evitar náuseas, enjôos, vômitos ou dor de cabeça.
  • Não costuma haver sangramentos com o uso da contracepção de emergência, porque ela não é abortiva, é preciso esperar a menstruação vir normalmente (pode atrasar ou adiantar uns dias).
  • Depois de tomar a contracepção de emergência, é preciso usar a camisinha em todas as relações sexuais até a menstruação vir, pois ela não protege para a frente, só da relação sexual que já ocorreu. A menstruação pode adiantar ou atrasar alguns dias da data prevista.
  • Escolha um método contraceptivo para uso regular. Tomar a contracepção de emergência repetidamente desregula a menstruação e facilita a gravidez.

NA DOSE COMBINADA: a dose combinada só deve ser usada quando não há condições de tomar a dose pronta. A dose combinada (método YUSPE) pode ser feita com as seguintes pílulas anticoncepcionais orais (uma das marcas abaixo):

 

Pílulas de Baixa Dosagem (Nordete, Microvlar e Levordiol):
  • 1ª dose: 4 comprimidos logo que possível
  • 2ª dose: 4 comprimidos, 12 horas após a 1ª dose
Pílulas de Média Dosagem (Neovlar, Evanor e Normamor):
  • 1ª dose: 2 comp. logo que possível
  • 2ª dose: 2 comp. 12 horas após a 1ª dose
[top]