Tire Suas Dúvidas Sobre as Palavras e Assuntos Ligados à Sexualidade


Warning: Illegal string offset 'align' in /home/redeceo/public_html/wp-content/themes/rttheme15/rt-framework/functions/rt_shortcodes.php on line 469

Fale Conosco: redece@redece.org

Tire suas Dúvidas Sobre:
Aborto

É a interrupção da gravidez. Essa interrupção pode ser: espontânea (aborto espontâneo) realizada pelo próprio corpo em casos de sustos, batidas, ou mal formação fetal (do bebê) provoca (aborto provocado) causado pela própria gestante ou por alguém. (clique aqui para ver a legislação) No Brasil, o aborto não é permitido. A pessoa só pode solicitar o aborto no serviço de saúde se houver risco de vida da gestante ou se tiver sido estuprada. (conheça a legislação sobre aborto no país) No caso de Aborto Legal (permitido pela lei), há atendimento médico e internação hospitalar e o aborto é provocado de uma das seguintes formas:

- Pela administração via oral ou vaginal de medicamentos que provocam contrações uterinas, sangramento e expulsão do feto; – Pela curetagem, através da utilização pelo médico, de um cureter, uma espécie de colher que raspa a placenta fixada nas paredes do útero;

- Por sucção, através da utilização pelo médico de uma espécie de seringa sem agulha que puxa todo o conteúdo fixado na parede do útero.

IMPORTANTE: Todas as mulheres que passaem uma experiência de aborto provocado ou expontâneo, devem procurar um ginecologista rapidamente, pois podem ocorrer seqüelas que causam problemas de saúde e até a morte (como hemorragias, infecções, etc)

Adolescência
É o período da vida compreendido entre a infância e a idade adulta. Nesse período ocorrem transformações no corpo e no jeito de ser de cada pessoa provocada pelas ações dos hormônios sexuais: é a PUBERDADE, provocando:

  • Mudança na quantidade de pelos,
  • Crescimento de pelos nas virilhas e axilas,
  • Crescimento dos seios nas meninas,
  • Crescimento de bigode e barba nos meninos,
  • Desenvolvimento dos órgãos sexuais internos e externos,
  • Mudanças na voz (meninos engrossam e meninas afinam a voz),
  • Aparecimento de oleosidade na pele (espinhas, cravos),
  • Aumento rápido do corpo.
Aids

O que é:

É a doença provocada pelo vírus HIV. Os vírus são organismos vivos que precisam entrar em corpos de outros animais para sobreviver.

Como é Transmitida:

O HIV entra pelo corpo através:

  • relação sexual (contato com órgãos sexuais ou a secreção vaginal ou sêmen na relação vaginal, oral ou anal);
  • do contato sangüíneo (com uso de agulhas ou seringas que já foram utilizadas por outras pessoas ou durante a transfusão de sangue não testado), da gravidez, parto e amamentação (pelas trocas sangüíneas entre mãe e bebê pelo cordão umbilical ou pelo sangramento provocado na hora do parto e pelo leite materno)

O que Ocorre Após a Infecção pelo HIV:

A pessoa que é infectada pelo vírus HIV é chamada de portador de HIV ou soropositiva. Quando adquire o vírus, ele vai se multiplicando e pode chegar a milhões. Enquanto aumentam de quantidade, os vírus vão atacando e destruindo o sistema de defesas do corpo da pessoa (células T4). Isso normalmente demora alguns anos. Quando o corpo fica com poucas defesas, fica debilitado, começam a surgir os sintomas da aids.

Tratamentos para quem tem Aids:

Todas as pessoas com o vírus da aids (HIV) devem fazer acompanhamento médico para evitar o desenvolvimento e agravamento da doença. Esse acompanhamento é realizado através de uma série de exames feitos periodicamente, entre eles o exame de CD4: que conta a quantidade de células de defesa da pessoa –, e o exame de carga viral: que conta a quantidade de vírus que existe no corpo.

Os médicos prescrevem a medicação (coquetel), quando há possibilidade do corpo adoecer, ou para as pessoas que procuraram tratamento quando já adoeceram. Quanto mais cedo for o acompanhamento médico, há menos risco a saúde da pessoa com aids.

IMPORTANTE: Todas as pessoas com aids devem usar a camisinha para evitar que se contaminem com outras doenças transmitidas pelo sexo e para evitar que peguem outros tipos de vírus, pois isso facilita o aumento dos sintomas de aids em seu corpo e deixam ele mais debilitado.

Ciclo Mestrual

É o tempo decorrido em dias, desde o primeiro dia da menstruação até um dia antes da menstruação seguinte. O ciclo menstrual da maioria das mulheres costuma ser regular (com dias mais ou menos iguais).

Concepção

Quando ocorre uma relação sexual entre um homem e uma mulher, pode ocorrer a Concepção de um bebê, isto é, após a fecundação do óvulo pelo espermatozóide, o óvulo que foi fecundado caminha até o útero, cola em suas paredes e começa a se desenvolver, formando um feto (um bebê).

Contracepção
São formas utilizadas para evitar a gravidez. Existem vários métodos que evitam que a pessoa engravide:

Métodos de Barreira

Camisinha Masculina

Camisinha Feminina

Diafragma

Métodos Químicos

Pílulas Orais

Pílulas Vaginais

Injeções Hormonais

Implantes

Contracepção de Emergência
 
 

Métodos Comportamentais

Tabelinha

Temperatura

Muco ou Billing

Coito Interrompido

Métodos Cirúrgicos

Laqueadura Tubária

Vasectomia

 

Corpo da Mulher

 

Corpo do Homem

DST – Doenças Sexualmente Transmissíveis
O que são DST:

São doenças transmitidas principalmente pela relação sexual vaginal, oral ou anal, através do contato dos órgãos sexuais com a lubrificação vaginal ou com o sêmen.

Os principais sintomas de DST:

  • Corrimentos abundantes, mal-cheiros, amarelados ou esverdeados na vagina ou pênis
  • Coceiras constantes na virilha, vagina, saco ou pênis
  • Feridas, verrugas ou irritações (vermelhidão) na virilha, vagina, saco ou pênis
  • Dor ou ardor ao urinar ou durante as relações sexuais

As principais DST:

  • Aids
  • Candidíase
  • Gonorréia
  • Cancro Mole
  • Cancro Duro
  • Tricomoníase
  • Sífilis
  • Condiloma (Crista de Galo, ou HPV)
Ejaculação
É a “expulsão” do sêmen pelo pênis, no momento de máxima excitação sexual. Também chamado de gozo.

Ejaculação Feminina
É a eliminação pela uretra, de um líquido transparente, semelhante ao da próstata com o estímulo do clitóris.

Ereção

É o crescimento do pênis de volume, provocado pela concentração de sangue em seus tecidos internos (vasos cavernosos). A ereção normalmente ocorre por estímulo sexual, mas pode ocorrer durante o sono ou em exercícios físicos.

Estupro

É o ato de praticar sexo penetrativo com alguém sem o seu consentimento, não importando quem o forçou. O estupro é crime e deve ser denunciado, no Brasil há possibilidade de Atendimento à Vítima de Violência Sexual em algumas instituições de saúde e procedimento de prevenção à gravidez e à contaminação pelo HIV/aids. Além disso existem serviços de Aborto Legal para pessoas que sofreram estupro e que já engravidaram e desejam interromper essa gestação. Veja aqui os serviços.

Excitação

É o estímulo provocado no corpo, pela ação de hormônios em contato com o tato, visão, cheiro ou por estímulo de imaginação, que provoca a liberação de hormônio sexuais e adrenalina, levando à aceleração cardíaca e respiratória, ereção do pênis ou do clítoris e inchaço e lubrificação das mucosas.

Fragidez

É a falta de desejo sexo ou insensibilidade durante a relação sexual. A maioria dos casos de frigidez estão ligados ao desconhecimento do próprio corpo, falta de diálogo com o parceiro ou problemas emocionais. Para pessoas que convivem com esse problema, recomenda-se buscar apoio médico e psicológico para que regularizem a sexualidade em suas vidas, pois a frigidez normalmente acompanha a baixa estima, insegurança e processos depressivos, prejudicando a vida pessoal.

Gravidez

É o processo de desenvolvimento do feto ou embrião (bebê) colado ao útero, que ocorre na mulher, após ter sido fecundada.

IMPORTANTE: É importante que todas as mulheres grávidas iniciem o Pré-Natal o quanto antes para evitar problemas de saúde consigo e com seus bebês.

Hímen
É a membrana (pele) que recobre a entrada da vagina, protegendo-a contra agentes externos que podem causar infecções ou inflamações. Normalmente o hímen é rompido com a primeira relação sexual, o que para algumas mulheres pode causar desconforto ou um pouco de sangramento.
Existem vários tipos de hímen: fechado, comum, elástico.

Inseminação Artificial

São formas de facilitar a concepção/inseminação do óvulo pelo espermatozóide quando esta não consegue ocorrer espontaneamente. Existem basicamente 3 formas de Inseminação artificial:

1ª – Inseminação intra-uterina de espermatozóides – os espermatozóides são introduzidos por meio de um cateter no útero, especialmente durante a ovulação da mulher, facilitando que “nadem” para fecundar o óvulo

2ª – Fertilização in Vitro – a ovulação e estimulada com medicamentos, então retira-se os óvulos com um cateter. Óvulos e espermatozóides são colocados na proveta, onde ocorre a fecundação. O(s) embrião(ões) é(são) trasferido(s) para o útero onde se desenvolve(m).

3ª – Injeção Intracitoplasmática de Espermatozóides (ICSI) – estimula-se a ovulação com medicamentos e em cada óvulo é introduzido um espermatozóide por meio microscópico, em uma micro cirurgia.

Masturbação

É a estimulação dos órgãos sexuais com o objetivo de obter sensações de prazer. A masturbação pode ser feita pela própria pessoa ou por um parceiro(a) e é considerada absolutamente normal e saudável, não causa nenhum dano para a saúde do corpo, da mente ou das práticas sexuais. A partir de cerca de 3 ou 4 anos, as crianças normalmente descobrem seus órgão sexuais e muitas vezes brincam com eles. Isso é um processo normal de descoberta do próprio corpo. Por volta dos 9, 10 ou 11 anos, meninos ou meninas podem começar a se estimular com mais freqüência, devido à ação dos hormônios sexuais que começam a atuar no seu corpo. Isso também é normal e ajuda no conhecimento do próprio corpo e na preparação da futura prática sexual. Durante toda a adolescência é comum a masturbação em grande quantidade, proporcionando o desenvolvimento das sensações de prazer. Durante a vida adulta, apesar das parcerias sexuais, algumas pessoas continuam a praticar a masturbação, o que é considerado perfeitamente normal, já que a masturbação está ligada as sensações de prazer erótico, mas também à descarga de tensão.

Menarca
É o nome dado a primeira menstruação, que vai marcar o início dos ciclos menstruais e de fertilidade da mulher.

Menopausa

É o nome dado ao período de declínio da atividade reprodutiva da mulher, marcado pela queda de funcionamento dos hormônios, diminuição da ovulação até o seu encerramento e término da fertilidade da mulher. Para algumas mulheres, a menopausa, ou climatério vem seguida de desconfortos físicos e emocionais, como ondas de calor, tonturas, desânimos, etc.

Órgãos Sexuais Reprodutivos Femininos

Órgãos Sexuais Reprodutivos Masculinos
 

Orgasmo
É uma sensação de prazer intenso provocada pelo contato ou ato sexual. Pode ocorrer no homem de forma física, com a ejaculação, trazendo descarga de serotonina no corpo. Na mulher pode ser estimulado pela estimulação clitoriana e/ou vaginal, com a ocorrência de espasmos musculares ou da ejaculação feminina.

Período Fértil
É o período em que o corpo produz espermatozóides (homens) ou óvulos (mulheres) que possibilitam que ocorra uma gravidez. Os homens são férteis a vida toda, desde as primeiras ejaculações seu sêmen já contêm espermatozóides. As mulheres têm um período fértil restrito a alguns dias no mês (3 dias), quando seus ovários liberam os óvulos e esses caminham pelas trompas até o útero. Nos dias em que ocorre esse trajeto, caso haja relação sexual, o espermatozóide pode fecundar o óvulo, provocando uma gravidez.

Penetração
É a introdução do pênis no corpo, durante uma relação sexual. A penetração pode ser vaginal (na vagina), oral (na boca) ou anal (no ânus).

Puberdade
É o período de transformação do corpo e da mente que ocorre no final da infância. Essas mudanças são causadas por hormônios sexuais e preparam o corpo para a fase adulta. Veja o que ocorre:

  • Mudança na quantidade de pelos
  • Crescimento de pelos nas virilhas e axilas
  • Crescimento dos seios nas meninas
  • Crescimento de bigode e barba nos meninos
  • Desenvolvimento dos órgãos sexuais internos e externos
  • Mudanças na voz (meninos engrossam e meninas afinam a voz)
  • Aparecimento de oleosidade na pele (espinhas, cravos)
  • Aumento rápido do corpo

Prazer
É uma sensação de bem estar que sentimos com a liberação de substâncias (neurotransmissores) em nosso cérebro e de outra substância, a serotonina no corpo.

Relação Sexual
É o contato entre pessoas que utiliza a estimulação dos órgãos genitais para obtenção de prazer. A relação sexual pode envolver penetração pelo pênis da vagina (relação vaginal), boca (relação oral) ou ânus (relação anal) ou não, quando ocorre apenas pelo estímulo com partes do corpo, boca ou com a mão ou pela masturbação conjunta.

Sexo Anal

É o sexo que é praticado com a penetração do ânus, lugar onde se faz cocô. Diferente do que muitos dizem, a relação anal NÃO prejudica a saúde, desde que seja praticada de forma voluntária, relaxada e sem dor pela pessoa. A única recomendação necessária, é que nunca seja feita a penetração da vagina depois do sexo oral, pois bactérias que vivem no ânus podem causar infecções vaginais. O sexo anal não oferece risco para a gravidez, mas como todo sexo feito com penetração, pode transmitir DST (doenças sexualmente transmissíveis) e aids.

Sexo Oral
É o sexo praticado com a boca, estimulando o pênis ou a vagina. O sexo oral não oferece risco de gravidez, mas como todo sexo feito com penetração, pode transmitir DST (doenças sexualmente transmissíveis) e aids.

Sexo Vaginal
É o sexo praticado com a penetração da vagina. Este é o único sexo que traz risco de gravidez, além de poder transmitir DST (doenças sexualmente transmissíveis) e aids.

Sexo Seguro
É o sexo feito sem penetração (como masturbação a dois) ou o sexo feito com o uso de camisinha feminina ou masculina, pois essas formas de sexo são seguras contra as DST (doenças sexualmente transmissíveis) e aids.

Vaginismo

É um problema enfrentado por algumas mulheres, que na relação sexual, os músculos da vagina se contraem fortemente, não permitindo a penetração.As causas do vaginismo são emocionais e traumáticas e as pessoas que sofrem desse problema devem procurar ajuda médica ou terapêutica, uma vez que problemas sexuais normalmente provocam baixa estima, insegurança e processos depressivos, prejudicando a vida pessoal.

Violência Sexual

É qualquer ato de violência física que toque ou estimule partes sexuais de uma pessoa sem o seu consentimento. A violência sexual é crime e deve ser denunciada, mesmo que não ocorra estupro (penetração). No Brasil há possibilidade de Atendimento à Vítima de Violência Sexual em algumas instituições de saúde e procedimento de prevenção à gravidez e à contaminação pelo HIV/aids. Além disso existem serviços de Aborto Legal para pessoas que sofreram estupro e que já engravidaram e desejam interromper essa gestação. Veja aqui os serviços.

Virginidade

 Para muitas pessoas a virgindade é a conservação ou não rompimento do hímen, membrana que protege a entrada da vagina na mulher. Desta forma não existiria virgindade nos homens. Por isso, estamos chamando de virgindade o fato da pessoa não ter tipo uma relação sexual, seja ela homem ou mulher.

[top]